Sexta, 27 de Maio de 2022
(12) 98118-1182
Geral São Paulo

Governo de SP entrega a primeira unidade móvel do Bom Prato

Projeto piloto teve início em Perus e deve contemplar outras sete regiões da capital

28/12/2021 16h30
Por: Redação Fonte: Secom Estado de São Paulo

O Governador em exercício Rodrigo Garcia entregou nesta terça-feira (28) a primeira unidade móvel do Programa Bom Prato no Residencial Sol Nascente, distrito de Anhanguera, no extremo norte da capital paulista. Outras sete regiões com maiores índices de vulnerabilidade da capital paulista serão contempladas por essa nova iniciativa.

“Anunciamos hoje três novidades do Bom Prato, que é o pronto-socorro do combate à fome. Prorrogamos até o final de março a gratuidade para os moradores de rua. Também assinei o autorizo de R$ 12 milhões para a reforma dos restaurantes em todo o Estado. A terceira boa notícia é o Bom Prato Móvel, já que nem todo mundo consegue sair de onde mora para ir ao restaurante. Por isso, a partir de hoje, o Bom Prato Perus faz a distribuição das refeições nas comunidades carentes do entorno do restaurante”, disse Rodrigo Garcia.

Com investimento total de R$ 407,1 mil com início em dezembro de 2021 até 2023, o transporte dos alimentos será feito em veículos adaptados para garantir a segurança sanitária e a temperatura das refeições. O preço unitário das marmitas será de R$ 1, mesmo valor das refeições em todos os restaurantes do programa.

A iniciativa do Governo do Estado pretende garantir a alimentação para pessoas em situação de vulnerabilidade social, facilitando o acesso às refeições das pessoas que tenham dificuldades físicas ou financeiras de locomoção até uma unidade do programa.

“A entrega das refeições por meio do serviço de entregas do Bom Prato reforça a participação do Governo de São Paulo nos bolsões de vulnerabilidade, com o objetivo de garantir alimentação de qualidade e acessível para quem precisa. A ampliação do programa está em andamento e em 2022 outras regiões serão atendidas, beneficiando mais pessoas”, destacou a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes.

As refeições servidas pelo projeto volante foram preparadas pela unidade do Bom Prato de Perus, servindo coxa de frango assada, abobrinha refogada, além do tradicional arroz e feijão e fruta de sobremesa. Diariamente serão servidas 300 refeições ao custo de R$ 1.

Na ocasião, Garcia também anunciou a prorrogação da gratuidade de refeições do Bom Prato às pessoas em situação de rua até o dia 31 de março. Para receber a refeição gratuita é preciso ter um cartão, cadastrado pela prefeitura. Os cartões são entregues apenas para pessoa adulta – homem ou mulher.

Até o momento foram disponibilizados 24.688 cartões aos municípios. Desde o início da crise sanitária de COVID-19 o programa serviu 56,9 milhões de refeições, sendo que 1,4 milhão foram gratuitas.

Revitalização de 59 restaurantes

Além dos anúncios sobre a entrega volante das refeições e a prorrogação da gratuidade, Rodrigo Garcia também anunciou a liberação de recursos para a revitalização de 59 restaurantes do Bom Prato em todo o Estado.

Ao todo, serão investidos R$ 11,8 milhões em serviços de pintura, troca de piso, manutenção de fachadas, troca de equipamentos e instalação de ar condicionado climatizado. A conclusão dos serviços em todas as unidades está prevista para março de 2022.

Além da revitalização dos restaurantes, a implantação de 12 novas unidades do Bom Prato terá início no próximo ano. O investimento da Secretaria de Desenvolvimento Social será de R$ 12 milhões. Esses restaurantes deverão servir 300 cafés da manhã e 1,2 mil almoços, e estarão localizados nas cidades de Jacareí, Cotia, Diadema, Mauá, Sumaré, Praia Grande, Francisco Morato, São Bernardo II, Embu das Artes, Ribeirão Preto II, e na capital, Parelheiros e M’Boi Mirim.

Os municípios são responsáveis por construir esses restaurantes. As construções seguem os moldes instituídos no Manual de Implantação da Secretaria de Desenvolvimento Social. Os restaurantes são viabilizados no modelo de cofinanciamento entre o Estado e as prefeituras.

Sobre o Programa Bom Prato

Do total das 60 unidades, são 22 delas localizadas na capital, 12 na Grande São Paulo, 8 no litoral e 18 no interior. Todos os restaurantes populares funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h para o café da manhã, com o almoço a partir das 10h30, preferencialmente para idosos, e 11h para o público em geral. O jantar é a partir das 17h.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (28/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Domingo (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Mais lidas